Junta de Freguesia de Alvelos

Heráldica

24/12/2003 – Recebido o Parecer da Comissão da Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses:


PARECER


Brasão
Escudo de azul, roda de azenha de prata movente de duas géminas ondadas do mesmo, em campanha; em chefe, grelha de ouro, disposta em faixa. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com legenda a negro: "ALVELOS – BARCELOS".

Bandeira
Amarela. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.

Selo
Nos termos da Lei, com a legenda: "Junta de Freguesia de Alvelos – Barcelos".


Parecer emitido nos termos da Lei nº53/91, de 7 de Agosto.

Lisboa, 22 de Dezembro de 2003

O Secretário da Comissão de Heráldica

José Bènard Guedes

Por proposta da Junta de Freguesia a Assembleia de Freguesia, em reunião ordinária estabelece, por unanimidade, os símbolos heráldicos da freguesia, tendo em conta o parecer da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses.


02/02/2004 – A pedido da Junta de Freguesia é publicado no Diário da República – III série nº27 o edital de aprovação dos símbolos heráldicos da freguesia.

06/04/2004 – A Direcção-Geral das Autarquias Locais, comunica que os símbolos heráldicos da freguesia se encontram registados com o nº067/2004 de 30 de Março


BRASÃO


GRELHA representa S. Lourenço o padroeiro da freguesia:

S. Lourenço – Diácono, mártir em Roma no século III. Quando o Papa Sisto II celebrava a eucaristia, com Lourenço a seu lado, a polícia imperial de Valeriano prendeu-o, pois o Cristianismo tinha sido então proibido por vários éditos. O Papa terá confiado a Lourenço a missão de guardar os arquivos, os valores e os livros litúrgicos da igreja, no momento em que foi preso. Lourenço terá posto a bom recato esse espólio, e, quando foi eventualmente preso, embora submetido a tormentos, não revelou o seu esconderijo. Foi depois executado. Na prisão terá convertido um guarda do cárcere ao Cristianismo, guarda que se terá sensibilizado, assistindo às crueldades a que o santo foi submetido, as quais terá suportado com admirável fortaleza de alma. (esse carcereiro chamava-se Hipólito e foi mártir também.) Tendo tido largo culto ao longo dos tempos, foi inspiração para Filipe II conceber o seu Palácio do Escorial, cuja planta tem forma de grelha – de facto um dos martírios sofridos pelo Santo foi ser Grelhado vivo. Dai ser padroeiro dos cozinheiros, dos bibliotecários e também dos arquivistas. É representado vestido de diácono e tem como atributos a grelha do suplício e livros litúrgicos.


RODA DE AZENHA
Representa os moinhos das margens do rio Ameais que atravessa a freguesia


GEMINAS
Representa o rio Ameais

Descarregue aqui a APP GESAutarquia,

© 2023 Junta de Freguesia de Alvelos. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia